sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Widgets



Google, HTTPS e SEO: Sites Criptografados Tem Prioridade No Ranking

O mundo do SEO está mudando a cada dia, agora é a vez da criptografia se tornar um dos fatores de ranqueamento, como já havia salientado no dia 15/04/2014 em meu post Criptografia e Google Search: Google pode elevar rankings de sites que usam criptografia.

Google Priorizará Sites com Criptografia - HTTPS será incluído como fator de ranqueamento
Naquela época Matt Cutts, líder da equipe de Webspam do Google, disse em entrevista que ainda não tinha nada definido sobre o assunto; mas agora é realidade. O que era rumor se tornou fato e já começa a trazer resultados, embora ainda em menor escala.

Criptografia Como Mais Um Fator de Ranqueamento Afeta Poucas Buscas


Dois dias atrás (06/08/2014), o Google publicou em seu blog de segurança, (em inglês) a notícia de que a criptografia ( HTTPs ) em sites terá um peso de influência, ainda que muito leve, no algoritmo de busca da empresa.

Outros fatores como conteúdo de alta qualidade, ainda terão peso maior, como ressaltou o site referência em notícias sobre tecnologia e atualização do Google, Search Engine Land, no post Google Starts Giving A Ranking Boost To Secure HTTPS/SSL Sites (em inglês). E, apesar de somente 1% das buscas serem afetadas, o Google quer incentivar os proprietários de sites a aderirem ao protocolo HTTPS, para melhoria da segurança online.

Incentivo ao Uso do HTTPs no Brasil Para Melhoria da Segurança nas Transações

Grandes sites de e-commerce e bancos já utilizam a criptografia para dar maior segurança durante as transações eletrônicas. Porém, muitos sites de e-commerce locais ainda não utilizam a tecnologia, devido ao custo e dificuldade técnica de implementação.

Todavia, creio que essa notícia irá incentivar os proprietários de sites e webmasters a darem mais atenção a esse recurso, estudar e pesquisar as melhores opções, atingindo a meta do Google. Hoje, existem no Brasil várias empresas que oferecem o Certificado SSL (criptografia HTTPS) aos sites e ainda realizam testes de segurança e dão suporte sobre o assunto. Seguem três exemplos que se destacam:

  1. Prodemge - Certificado SSL,
  2. Certisign - Certificado SSL e
  3. Site Blindado - Certificado SSL, testes de vulnerabilidade e suporte.

Agora, é esperar para ver o quanto a utilização será significativa para a melhoria dos rankings dos sites do Brasil. Em breve veremos a publicação de algumas pesquisas sobre o assunto.

Orientações do Google Quanto ao Uso dos Certificados SSL


Enquanto somente 1% das buscas estão sendo afetadas, os webmasters terão tempo para realizar as mudanças e o Google publicará documentação sobre o uso da criptografia, para maior suporte; mas, de antemão, já dá algumas dicas:

  • Decidir que tipo de certificado precisa:  único, para todo o domínio ou curinga;
  • Usar certificados de chave de 2048 bits - concede maior segurança;
  • Usar URLs relativos para recursos que residam no mesmo domínio seguro - um exemplo são as urls das imagens que devem estar com o protocolo HTTPS;
  • Usar URL relativos para todos os outros domínios;
  • Conferir um um artigo sobre como mudar o endereço do site (em inglês);
  • Não bloquear o rastreio do protocolo HTTPS pelo robô de busca do Google, usando o robots.txt - alguns webmasters bloqueiam a indexação desse protocolo pelo robots.txt;
  • Permitir a indexação das páginas pelos motores de busca sempre que possível;
  • Evitar o uso da meta tag robots NOINDEX;
Então, já comece a estudar sobre o assunto. Para informações adicionais sobre criptografia (SSL e HTTPs), segue dois links úteis:

COMPARTILHE!   

Author: Isaac Batista
Trabalha como Analista SEO na empresa AC Portal Soluções Web e é editor voluntário do diretório DMOZ. Confira mais sobre Webisaac no Google Plus

Artigos Relacionados

comments powered by Disqus

7 comentários :

  1. Obrigado pela postagem, agora falta é fazer a migração pro SSL. :)
    Nós da Turbosite já fizemos, o site agora está todo em SSL, agora é acompanhar o Analytics e o Google Webmaster para ver se a posição nos resultados vão aumentar. Um abraço.

    Equipe Turbosite
    www.turbosite.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bacana pessoal. Tomara que a mudança proporcione bons resultados nos mecanismos de busca.

      Excluir
  2. Bom dia, estou implementando também o SSL em meu site. Alguem que já realizou notou alguma diferença?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá pessoal do Desconto Sport. Ainda não tive notícias de mudanças no ranking brasileiro de alguns sites, mas veremos em breve. De início talvez não perceba, perceberá ao longo do tempo, quando aliado com outras estratégias de SEO.

      Excluir
  3. Alguém saber informar se o SSL deve ser ativado somente nas áreas que exijam transações e armazenamento de dados? E o restante do site deixar sem o SSL.
    O certificado deixa o site um pouco mais lento, o que pode fazer com que o site perca posição no google pela velocidade. Então fica a dúvida: Ativar em todo site ou somente em algumas área cruciais?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ricardo. A pretensão do Google é fornecer maior segurança aos usuários da internet. Então, sites com criptografia, ainda que somente em áreas mais sensíveis, como mencionou, serão considerados na avaliação do Google, com um peso determinado por ele. Eu indico ativar primeiramente nas áreas cruciais e testar o desempenho das páginas. É de suma importância, após a implementação do HTTPS, que faça o redirecionamento 301 para as novas páginas criptografadas.

      Excluir
  4. Tenho bastante dificuldade nesta área. Estou precisando melhorar a parte de segurança do meu site (magmatranslation.com). Fiz umas análises e entendi que não vou dar conta sozinho e estou a procura de um profissional....

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...